Pele oleosa VS pele mista: quais as principais diferenças? Os cuidados são os mesmos?

A oleosidade é uma característica comum na pele mista e na pele oleosa. Por esse motivo, esses dois tipos de pele acabam sendo bastante confundidos por muita gente. Entretanto, existem particularidades específicas que as diferenciam e facilitam na escolha de produtos para montar a sua rotina de skincare. Se você está na dúvida sobre qual tipo de pele se enquadra mais com a sua, veio ao lugar certo!


Conheça as diferenças entre a pele oleosa e mista, todos os passos para deixar o rosto misto equilibrado e as melhores dicas para controlar a produção de sebo. Dá uma olhada!


A diferença entre a pele mista e a pele oleosa


Embora esses dois tipos de pele causem muitos questionamentos, existem algumas maneiras de distinguir a pele oleosa da pele mista, uma delas é através das suas características. 


Pele oleosa: possui o aumento constante de oleosidade, brilho, poros dilatados, uma tendência maior à cravos e espinhas, além de manchas de acne, e com as glândulas sebáceas mais ativas por todo o rosto. Resumindo, elas é uniformemente oleosa.


Pele mista: a oleosidade nesse tipo de pele é mais concentrada na zona “T” do rosto (testa, nariz e queixo) e nas outras áreas, o rosto possui uma textura seca e sensível. Ela também costuma reagir com a mudança de temperatura, se tornando ainda mais oleosa no calor e seca durante o inverno.


Escolhendo a linha de cuidados certa, é possível usar os mesmos produtos para ambos os tipos de pele - o ideal é que se tratem de produtos que limpem em profundidade sem ressecar, e que hidratem sem deixar a pele gordurosa, ao mesmo tempo que deixam o rosto sequinho ao longo do dia. 


Rotina de cuidados da pele oleosa e mista


1º passo)  Remova a maquiagem e o acúmulo de resíduos com água micelar;


2º passo)  Lave o rosto com um sabonete ou gel de limpeza que tire todo o excesso de oleosidade sem agredir a pele;


3º passo)  Aplique um hidratante com protetor solar  e ativos que ajudem a controlar a oleosidade por muito mais tempo. 

 

 

Foto: Getty Images