Ácido ascórbico deixa a pele sensível? Dermatologista explica se a vitamina C causa esse tipo de reação Ácido ascórbico deixa a pele sensível? Dermatologista explica se a vitamina C causa esse tipo de reação

Ácido ascórbico deixa a pele sensível? Dermatologista explica se a vitamina C causa esse tipo de reação

O uso de ácidos é uma forma bem prática de potencializar a sua rotina de skincare. Esses ativos ajudam no tratamento de manchas na pele, minimizam a aparência das rugas e flacidez, controlam a oleosidade, reduzem a formação de espinhas e o aspecto das cicatrizes no rosto.


Essas substâncias têm a fama de deixar a pele muito sensível e avermelhada durante o seu uso. De fato, isso pode acontecer em alguns casos e de acordo com a concentração de certos ácidos, como o retinóico. Mas e o ácido ascórbico, conhecido como vitamina C, pode causar esse tipo de reação na pele? A dermatologista Marcele Trindade explica.


O que é o ácido ascórbico? Entenda os benefícios e funções da vitamina C


O ácido ascórbico é uma vitamina hidrossolúvel extremamente importante na síntese do colágeno. “A substância também é conhecida por ser um poderoso antioxidante que ajuda a neutralizar os radicais livres, moléculas que promovem o envelhecimento, que ajuda a inibir  a produção de melanina e, assim, tem papel de despigmentar as manchas e uniformizar o tom da pele”, detalhou a médica. Além disso, o ativo originário da vitamina C potencializa a ação do seu protetor solar, prevenindo os sintomas do envelhecimento precoce.  


O ácido ascórbico pode deixar a pele sensível?


A dermatologista garante que a substância não deixa a pele sensível: “Mesmo sendo um ácido, a vitamina C pode ser usada em todos os tipos de pele sem alterar sua sensibilidade”. Para que não haja nenhum indício de irritação, principalmente em pacientes com pele sensível, o segredo é investir no veículo certo do produto e iniciar o tratamento com concentrações um pouco mais baixas.


A vitamina C é capaz de provocar algum tipo de reação na pele?


Muitas pessoas acreditam que a vitamina C pode causar espinhas, mas isso não é verdade! O ácido ascórbico não gera essa reação em nenhum tipo de pele, nem mesmo nas mais oleosas. O que pode gerar essas lesões é a textura do dermocosmético usado. Por isso, antes de investir no seu produto, fique de olho no rótulo!


Como a vitamina C deve ser usada para evitar qualquer tipo de reação inadequada a pele?

A Drª Marcele ressalta: basta investir no veículo certo! “Pele sensíveis devem preferir a vitamina C em creme, para evitar ressecamento e irritação. As peles mais oleosas precisam usar a vitamina C em serum para não aumentar a oleosidade”. Outra opção para quem sofre com a oleosidade é apostar em um produto com ação matificante prolongada.

 

7-dicas-para-voce-ficar-linda-e-saudavel-na-folia-medica

CRM: 52 1004999  

Dra. Marcele Trindade, graduada pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública, dermatologista pelo Hospital Federal de Bonsucesso especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, cirurgiã dermatológica pelo Hospital Federal de Bonsucesso, preceptora colaboradora do departamento de cirurgia dermatológica do Hospital Federal de Bonsucesso.

 

Foto: Getty Images