Manchas de espinhas: entenda o que são Manchas de espinhas: entenda o que são

Manchas de espinhas: entenda o que são, as causas, como tratar e quais os melhores ativos para usar

Quem tem a pele oleosa sabe bem como as espinhas podem ser um verdadeiro incômodo. Mas, tão ruins quanto as lesões, só mesmo as manchas que elas podem deixar no rosto. Embora não haja uma varinha mágica que possa eliminar as marcas da noite para o dia, alguns tratamentos e cuidados diários podem fazer toda a diferença e clarear a pele. Para entender melhor sobre o assunto, reunimos tudo o que você precisa saber para tratar e evitar as manchas de espinhas na pele. Veja só! 


Cicatrizes e manchas de espinhas: o que são e por que elas surgem? 

Para a surpresa de alguns, as marcas de espinhas não surgem à toa. Acontece que essas inflamações ativam a produção de melanina, o que estimula o surgimento de manchas na pele. Por isso, aquele velho hábito de espremer espinhas é a maior causa desse incômodo. Ao contrário do que se pensa, ele não dá um fim à lesão e piora o quadro inflamatório, evitando que a ferida cicatrize corretamente. Além disso, outro motivo bastante comum para o aparecimento de marcas é a falta do protetor solar no rosto. Esse cuidado, além de proteger a pele e combater o seu envelhecimento, evita a piora da acne e o surgimento de manchas após o tratamento. Por isso, lembre-se: o filtro solar é indispensável! 


Como identificar uma mancha de espinha no rosto?

As manchas de espinha podem ter diferentes aspectos, mas uma coisa é certa: as marquinhas indesejadas sempre se formam depois do surgimento das lesões. Ainda assim, as marcas podem se apresentar de diferentes formas e, muitas vezes, bem profundas e com manchas que sobressaem na pele. Pontinhos escuros e buraquinhos no rosto também podem indicar o problema. Por isso, é comum que o tratamento para clarear a pele varie de acordo com o tipo de mancha. 


Como tratar manchas de acne? Veja alguns ativos que ajudam a clarear a pele

Embora o tratamento possa variar de acordo com as características da manchas de acne, existem alguns tratamentos e ativos que podem ajudar (e muito!) a clarear a pele do rosto. A vitamina C, por exemplo, pode dar um jeitinho nesse problema. Conhecida por prevenir rugas, linhas de expressão e flacidez, a substância possui uma ação clareadora que também ajuda a inibir a produção de melanina de forma excessiva, o que previne a formação das manchas. E o melhor: o ativo pode ser usado em diferentes etapas da sua rotina de cuidados. Incrível, né? Por isso, se possui a pele oleosa e acneica, pode investir em um gel de limpeza enriquecido em vitamina C sem medo. Além de garantir um rosto limpo e livre de oleosidade, ele ajuda a uniformizar a pele e suavizar as imperfeições. O uso de um hidratante facial que combine o ativo com ácido hialurônico também é uma boa opção. A combinação ajuda reduz manchas de acne em até uma semana, deixando a pele mais lisa e uniforme.


É possível clarear manchas de acne totalmente? 

Depende. Acontece que, assim como tratamento, o resultado também pode variar de acordo com o caso. A boa notícia é que até as manchas de acne mais graves podem ser eliminadas com o uso de ativos específicos e alguns procedimentos estéticos. Entretanto, é importante que todos os tratamentos sejam indicados pelo seu dermatologista de confiança e de acordo com o tipo de lesão. 


Manchas de acne: é melhor fazer o tratamento clareador durante o inverno? 

Embora as manchas de acnes possam ser tratadas em qualquer época do ano, o inverno é a melhor opção para garantir um resultado mais eficaz. Acontece que, durante o inverno, a radiação solar é menos intensa, o que facilita o tratamento das marquinhas na pele que devem evitar a exposição solar excessiva. Isso se deve ao uso de ácidos, realização de peelings e até mesmo lasers que deixam a pele do rosto sensibilizada e propensa à manchas ao entrar em contato com a radiação. 


Como prevenir as manchas de espinhas? 

O melhor remédio é a prevenção, certo? Não poderia ser diferente quando se trata de manchas de espinhas. Nesse caso, a melhor forma de prevenir esses incômodos na pele é controlando o surgimento das lesões. Isso porque a presença de espinhas pode reduzir a eficácia do tratamento das manchas. Sendo assim, o primeiro passo é manter uma rotina de cuidados específica para peles oleosas, incluindo o uso de hidratante para o rosto e máscaras faciais. Produtos com ativos clareadores e antioxidantes, como a vitamina C, podem ajudar a manter a pele hidratada, uniforme e ajudar no clareamento de manchas na pele. Além disso, aplicar diariamente filtro solar com toque seco e função antiacne ou anti oleosidade é fundamental. 


Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: confira o passo a passo

Se você possui a pele oleosa e acneica, certamente já deve ter se perguntado sobre qual a melhor forma de clarear as manchas e tratar a oleosidade sem ressecar a pele, certo? A resposta é simples: seguindo uma rotina adequada de skincare. Veja abaixo um simples passo a passo com produtos específicos para essa situação que são tiro e queda!


Passo 1) Pela manhã, assim que acordar, lave o rosto com gel de limpeza para pele oleosa. Nesse caso, é importante que o produto contenha ativos que ajudem a diminuir a oleosidade e minimizar os poros;

Passo 2) Em seguida, aplique um hidratante facial com efeito matte. Nesse caso, vale apostar em um produto com ativos que controlem a oleosidade e as manchas. O hidratante facial com vitamina C e FPS 30, por exemplo, pode otimizar a sua rotina de cuidados e manter a pele protegida; 

Passo 3) De noite, remova todos os resíduos da pele, usando uma água micelar. Produtos com vitamina C são uma boa opção para limpar a pele sem ressecá-la;

Passo 4) Antes de dormir, aplique uma máscara facial com ativos que controle a oleosidade e as manchas;

Passo 5) Por fim, enxágue o rosto com água fria e aplique o creme hidratante de sua preferência.