5 tratamentos e cuidados que toda pele oleosa precisa ter: peeling, limpeza de pele, esfoliação... 5 tratamentos e cuidados que toda pele oleosa precisa ter: peeling, limpeza de pele, esfoliação...

5 tratamentos e cuidados que toda pele oleosa precisa ter: peeling, limpeza de pele, esfoliação...

A pele oleosa, além de muito comum, é um tipo de pele que precisa de cuidados especiais, já que o excesso de sebo pode gerar a formação de cravos e espinhas graças à obstrução dos poros.

Porém, é importante saber o que é necessário para esse tipo de pele para não gerar efeitos desagradáveis, aumentando ainda mais a oleosidade por conta do efeito rebote. Conheça agora 5 tratamentos e cuidados para ter com a pele oleosa e manter o seu rosto sempre saudável. 

 

1# Peeling 

O peeling é um procedimento estético muito procurado nas clínicas estéticas. Trata-se de um tratamento que promove a descamação da camada superficial da pele, estimulando as células da pele a se renovarem. Esse procedimento se divide em dois tipos: o peeling físico, que é uma descamação mecânica feita com abrasivos e até mesmo com cristais (como o peeling de cristal ou de diamantes) e o peeling químico, que utiliza substâncias, que geralmente são ácidos, para promover essa descamação. Esse procedimento previne o surgimento de cravos e espinhas e desobstrui os poros, beneficiando a  pele oleosa.

 

2# Limpeza de pele 

Outro tratamento muito famoso para a pele oleosa é a limpeza de pele. O tratamento é o carro chefe das clínicas estéticas e se caracteriza pela higienização e hidratação da pele, através de produtos específicos de assepsia e massagens terapêuticas e de embelezamento. A pele oleosa precisa de uma boa higienização para não acumular resíduos de sujeira nos poros, evitando a infecção e inflamação de cravos e espinhas.

 

3# Esfoliação

A esfoliação é o tratamento mais fácil e prático para a pele oleosa. Ela não deixa de ser um peeling, pois remove as células mortas da pele, mas promove uma abrasão mais suave do que um peeling feito por um profissional. A esfoliação tanto pode ser feita com misturas caseiras, quanto com um cosmético esfoliante para o rosto. Para a pele oleosa, o recomendado é que a esfoliação aconteça no mínimo uma vez por semana e no máximo 15 em 15 dias.

 

4# Tratamento com luz pulsada

A luz pulsada é um procedimento estético indicado para vários fins, mas a pele oleosa pode se beneficiar muito dele. Feito especificamente por um profissional, a luz pulsada tem o potencial de reduzir as glândulas sebáceas e fechar os poros, diminuindo a produção de sebo e até mesmo o surgimento de cravos e espinhas. A vantagem da luz pulsada é que ela de quebra também ameniza a aparência de manchas e ajuda no tratamento da acne. 

 

5# Skincare diária

De nada adianta recorrer a diversos tratamentos estéticos se o cuidado diário não está em dia, não é mesmo? Manter uma rotina de skincare diária é essencial para deixar a pele oleosa mais saudável. Invista em produtos específicos para a higienização da pele oleosa, como um gel de limpeza ou sabonete facial. Fazer uso de um bom tônico adstringente pode ser o diferencial para ajudar a reduzir os poros. Não esqueça de investir em uma boa hidratação, pois a pele oleosa precisa ser hidratada para evitar a produção excessiva de sebo. 

 

 

 

Foto: Getty Images


Produtos Relacionados