Castanho Claro e Loiro Escuro

Entenda as diferenças entre as duas tonalidades e saiba qual se adapta melhor a você! 

Castanho Claro e Loiro Escuro l Dicas l Garnier

Com um mundo de nuances disponíveis, a tarefa de escolher uma tonalidade para fazer a coloração pode gerar muitas dúvidas. E quando falamos do castanho claro e do loiro escuro, a decisão fica ainda mais difícil. Apesar da diferença entre as duas cores ser quase imperceptível, ela existe. Caso tenha dificuldade para identificar ou acredita que elas são a mesma coisa, nós da Garnier separamos os principais aspectos que diferenciam as tonalidades, confira abaixo. Mas antes, não se esqueça, conte com o Color Match, novo aplicativo de Nutrisse para te ajudar na próxima transformação!

A principal diferença está no fundo de clareamento dos tons

Reconhecer o castanho claro e o loiro escuro é realmente difícil, mas quando se trata de um cabelo virgem, uma característica pode ser a solução desse problema. O fundo de clareamento - a tonalidade dos pigmentos que estão na base dos fios - dessas duas colorações é diferente e isso influencia diretamente em como o cabelo ficará caso você decida descolorir. Quando as madeixas são loiro escuro, ele será alaranjado e quando for castanho claro será vermelho alaranjado. Essas informações podem parecer bobas, mas são fundamentais para quem deseja mudar a cor dos fios, já que o tom da base vai afetar o resultado final da coloração. Além disso, lembre-se que, dependendo da nuance esperada ao fim do processo, será necessário neutralizar ou não o fundo de clareamento. 

Fique atenta ao número da caixinha para identificar melhor a cor

Uma boa dica para não se perder na hora de escolher a cor é prestar atenção a numeração da caixinha. Seguindo a tabela de tons da colorimetria, as primeiras tonalidades são as mais escuras e as últimas as mais claras. Dessa forma, o castanho claro é identificado pelo 5 e o loiro escuro pelo 6. Se você decidir se aventurar e fazer o procedimento de coloração sozinha em sua casa, o seu cabelo natural pode clarear em até 3 tons. Mas, lembre-se que é preciso que ele seja virgem para garantir um bom resultado. Fios que já passaram pelo processo de coloração não aceitam outro pigmento da mesma forma, e nesses casos, é melhor procurar a ajuda de um profissional.

Investir no loiro escuro é a forma menos agressiva de clarear os fios castanhos

Engana-se quem acredita que a transição de qualquer tom de castanho para o loiro escuro é difícil. A mudança pode ser feita em casa mesmo, com uma tinta permanente e sem precisar descolorir o cabelo se ele nunca tiver passado por nenhum outro processo de coloração. Assim, os fios sofrem menos e a transformação também é menos drástica. Mas, não se esqueça de que é necessário intensificar os cuidados capilares para evitar os problemas causados pela química da pigmentação.